História de Baazaar

Ir em baixo

História de Baazaar

Mensagem por Nibelung em Sab Fev 27, 2010 8:58 pm

Baazaar é um mundo prospero aonde há várias espécies
de humanóides e seres vivos, a biodiversidade do planeta é imenso, há somente
um continente gigantesco e lendas sobre um continente lendário menor que está
no mar raivoso de Gruuk, aonde todos acreditam que esse lugar possa dar
imortalidade aos seus habitantes. As raças originais de Baazaar são os
Haltioiden, habitantes das florestas, os Kaapioiden, habitantes das montanhas e
os Eiszeit, habitantes das geleiras. Kaapioidens e Haltioidens sempre estiveram
em guerras e batalhas por áreas prosperas e ricas fora ou dentro de seus
territórios, no inicio por tamanha a força dos Kaapioidens os Haltioidens não
podiam combatê-los de frente, mas sim com estratégias inteligentes atraindo-os
para dentro das florestas, mas esse tipo de estratégia estava acabando com o
habitat natural dos Haltioidens, nesse contexto de desvantagens eles
conseguiram desvendar os segredos da arte anciã da magia e começaram a usá-la
na guerra, mas isso não impediu o fluxo de Haltioidens para Canopy e Boros, por
terem que se adaptar a novos ambientes e climas mudaram suas características
originais criando novas raças, mas mesmo assim
continuaram ajudando seu povo contra os Kaapioiden. Até que pela criação
de uma rivalidade entre a nova raça de Canopy, apelidada de Tuuma e os
Haltioidens a imperatriz Suusa proibiu que os mesmos não pudessem freqüentar o
templo de Icantin, a deusa da natureza, criando uma rivalidade maior ainda
fazendo os dois se enfrentarem pelo controle do templo de Icantin. Em contra
partida os Eiszeit sempre quiseram prolongar seu território para Canopy criando
inimizades com os Tuuma para tentar expulsa-los de seu território e com a
marcha dos Tuuma para os territórios de Glimmervoid os Angers mandaram tropas e
populações excedentes de suas cidades para estabelecerem cidades lá, o que
acabou por criar uma sexta raça pelo clima inóspito de Glimmervoid, os Rote.
Com toda essa tensão de uma grande guerra no mundo inteiro os principais
lideres das 6 raças se reúnem para tentar um acordo de paz.


As regiões do super continente
são bem diferentes e diversificadas, isso faz com que sejam habitadas por cada
tipo de humanóide diferente mais adaptado aquela determinada região. Alguns
desses humanóides têm rivalidades entre si o que causa batalhas e guerras por
determinadas regiões ricas, cada uma dessas raças de humanóide busca a
hegemonia econômica ou bélica em detrimento das outras, as rivalidades se
acirraram tanto que a expectativa de uma guerra fez com que os maiores líderes
de cada raça se encontrassem e discutissem um acordo de paz entre si. A reunião
não teve fim no primeiro encontro de seus lideres, pelas rivalidades muito
acirradas entre algumas raças seus lideres não querem ceder nem um pouco para
seus inimigos e parece que o impasse continua. A reunião chega ao seu fim com a
seguinte ordem os Tuuma poderiam voltar a freqüentar o templo da deusa Icantin
os Haltioiden e Kaapioiden fariam um acordo de paz, Eiszeits parariam as
invasões a Canopy e Tuumas a Glimmervoid. Com o fim da reunião nenhuma das
nações parecia satisfeita. Parece que reuniões secretas serão tomadas entre
aliados agora para a formação de duas grandes alianças, os Libertadores
formados por Eiszeits, Haltioiden e Angers e os Bárbaros formados pelos
Kaapioiden e Tuuma, a única nação que permaneceu neutra foram os Rote...será?
avatar
Nibelung
Nivel III
Nivel III

Masculino
Número de Mensagens : 2205
Idade : 27
Localização : Pais dos samurais

Ficha do personagem
Nome do Personagem: Rodin

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum