A utopia à queda...

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

A utopia à queda...

Mensagem por medeia em Qui Dez 03, 2009 9:37 pm

fanfiction de minha autoria, todos os personagens são meus, aquele blábláblá que ninguém legal como você leitor merece ouvir xD, desculpe força do hábito... ps:ainda não a conclui


Era noite e sono não vinha,quando eu Alear às vésperas de mudar minha vida estava aflita e ansiosa.Levantei-me com cuidado, para não acordar meus pais e meu avô.Estava triste,estava alegre...
Sai para o quintal,observei as plantas que minha mãe com tanto zelo cuidava,olhei o chão que meu avô sempre varria,as três árvores frutíferas que meu pai plantou.
Fiz-me saudosista,sentei no chão sem me importar com a poeira,fechei meus olhos e fiz uma prece silenciosa.Meu coração pulsava forte,recolhi-me e finalmente adormeci.
Alear estava a caminho do centro de Utopia.Era seu aniversário de quinze anos,como todo cidadão deveria apresentar-se...
Olhava para o cavalo a seu lado,não o havia montado ainda,ficou pensativa;
"Meus pais o deram a mim.” pensou Alear.
O sol estava ameno,as árvores faziam sombra,o percurso seria tranquilo.Montou finalmente,apesar de tranquilo o percurso era longo.
Não sentia mais o tempo fluir.Tudo parecia estático...Mas isso era apenas uma ilusão...O tempo passava e ela e seu cavalo se aproximavam do Centro.
Sem fome ou sede,qualquer necessidade fisiológica sentir,prosseguiu.Até que o cavalo parou.A garota ficou confusa,o que havia acontecido?Desceu do animal para verificar e viu;
_Ah,desculpe estava tão distraída que esqueci que precisa comer..._disse Alear ao cavalo fazendo-lhe um cafuné na crina enquanto esse pastava.
Algum tempo depois prosseguiram viagem.
Logo avistaria seu destino.Intuía que isso poderia ser perigoso,mas pressentia que seria bom.
Quando chegou desceu do cavalo e,viu um senhor de cabelos brancos,sujo e de semblante triste,ficou triste ao ve-lo,mas não podia fazer nada por ele.Então o senhor disse;
_Dê-me algo para comer e para beber minha jovem,por favor..._pedia suplicante o senhor,Alear sentia um nó se formar em sua garganta.Tudo que dipunha para oferecer era água.
_O que eu tenho não dá para mim,caso não aconteça um milagre...Mas posso oferecer água ao senhor._disse tentando parecer mais alegre,olhou para o lado e se deparou com uma imensa ávore carregada de frutos desconhecidos,tinha um bom aroma e aparencia também agradável._São comestiveis?_perguntou a jovem ao senhor.No que este respondeu;
_São,mas eu não as consigo pegar.
A garota estava determinada a pegar daqueles frutos,tentava subir na ávorte mas não conseguia,então já desanimada fitou o chão como se esperasse que dele viesse alguma ideia."Uma pedra?" pensou,era disso que precisava,com axilio da pedra a garota conseguiu em fim pegar três frutos.Dirigido-se ao homem entregou os frutos a ele.O senhor disse;
_Quando estiver voltando passe aqui.
Aquele era o centro de Utopia,mas,ao contrario do que se possa esperar não existem pessoas se acotovelando por espaço.Em pouco tempo ela podia avistar os muros do local em questão.Via com muita admiração o portal de ébano,pareciam realmente ser muito pesados.Atravessou-o em silêncio,aquele lugar parecia sagrado,era o mínimo que poderia fazer,seria profano perturbar a paz que ali emanava.
Assim pensava Alear,até que ouviu um choro compulsivo.Ficou confusa, quem estaria chorando?Ela pode notar uma mulher jovem e bonita que estava aos soluços devido ao pranto.Ficou sem reação,sempre ficava assim quando via alguém chorar,a mulher que até então mantinha a cabeça baixa,sentada apoiada sobre os joelhos dirigiu a palavra com sua voz embargada a Alear,que foi tomada de susto;
_Sente-se a meu lado e escute._falou em num tom que era um misto de ordem e súplica.No que a garota prontamente atendeu o pedido da outra.
A mais jovem escutava a mulher que aos poucos ia retomando a calma ,mas que ainda persistia no choro.Então quando está terminou de falar Alear disse;
_Como chora fácil._sua voz soava divertida._Deveria agir e não ficar ai parada chorando,muita gente sofre mais que você e não fica nesse estado.Desculpe se pareço rude mas essa é a verdade,bom pelo menos a meu ver.
_Acha mesmo isso?Passe aqui quando estiver voltando._a mulher estava atrás do portal sentada como se ali fosse realmente seu lugar,tinha almofadas ali e incenso era queimado.
Alear saiu dali pensativa no que havia dito e no que havia ouvido.Prosseguiu sua caminhada ao lado do seu cavalo,mais a frente viu um homem maduro cantando e cozinhando,alegrou-se ao olhá-lo.O home disse;
_Quer ajudar-me?_disse sorridente.
_Mas eu não sei cozinhar,pelo menos não algo saboroso._pronunciou a frase como se fosse evidente o que dizia.
_Perguntei se quer me ajudar.
Cozinharam e cantaram canções antigas,depois comeram o que haviam cozinhado,ela podia sentir seu organismo agradecer o alimento,a viagem havia sido longa e ela não tinha se alimentado.Perguntou antes de ir;
_O senhor poderia me arranjar um desses sanduíches ou desses doces?Pra viagem de volta?_perguntou,sabia que necessitaria disso.Ele sorriu.
_Claro,é só passar aqui na volta.
A cada passo que dava sua ansiedade aumentava,mais a frente avistou uma mulher madura costurando e bordando,cantarolando uma canção;
_Ajude-me minha jovem?
_Em que?
_A escolher as cores e os modelos dos próximos vestidos.
Escolheu as cores que mais agradavam;vermelho,verde,azul marinho,preto,bege e outras...
_Bom minha jovem,qual você acha que é a cor básica dentre as que escolheu?_Alear ficou pensativa.
_Penso que preto e bege.
_Preto?Por que preto?
_Porque branco engorda..._a senhora riu-se da resposta da garota.
_Não querida o engorda é passar muito tempo com aquele senhor ali atrás...Sim, quando voltar ficarei feliz em vê-la.
_Pode deixar,também será para mim uma grande satisfação voltar a vê-la._concluiu Alear despedindo-se.
Mais adiante viu um jovem de traços fortes e semblante puro.Este escrevia com paixão assim que a viu foi logo dizendo;
_Quer ouvir uma poesia?
_Sim._respondeu a garota,embora fosse grande sua ansiedade,as pausas que fazia aumentavam ainda mais a própria,mas de certa forma eram um alívio parar de pensar em seu destino.
Ele recitou para ela e perguntou;
_E então o que acha?
_Que você é um sonhado e que está apaixonado._falou sorrindo.
_Passe aqui quando estiver voltando.
"Isso parece um padrão."
Mas ela teve que ir adiante.Logo avistava o temido salão...
avatar
medeia
Nivel III
Nivel III

Feminino
Número de Mensagens : 1120
Idade : 27

Ficha do personagem
Nome do Personagem: Lilith

http://fanfiction.nyah.com.br/medeia

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A utopia à queda...

Mensagem por Akemi-chan em Qui Dez 03, 2009 9:48 pm

Muito perigoso fazer fan fic em primeira pessoa, pois pode cair em grases sem coerencia!

Adorei a historia em si xD

o final desse capitulo muito interessante, coisa de mulher mesmo...

Aguardo o proximo *-*





Neste mundo, o destino da humanidade é ser controlada por alguma entidade ou lei superior? É como se a mão de Deus pairasse sobre nós?

Ao menos é verdade... O homem não tem controle nem mesmo sobra a sua própria vontade



Convidado você é muito importante para o Japanese World!
avatar
Akemi-chan
Administradora Suzy
Administradora Suzy

Feminino
Número de Mensagens : 4267
Idade : 24
Localização : No lugar... onde provavelmente você não está -.-

http://japanseworld.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A utopia à queda...

Mensagem por Raidam em Sex Jan 01, 2010 7:51 am

Parece uma parabola ou fábula, uma história bem interessante!
Me remeteu a Alice no pais das maravilhas.

Cuide um pouco com os erros gramaticais e na hora que for descrever
tente detalhar mais coisas.
Tá bem legal, é um tipo não costumeiro de Fic. ^^


A bola de borracha pode cair, as importantes, são as bolas de cristal.
(Adepto da Lição das Cinco Bolas)
avatar
Raidam
Administrador Raidam
Administrador Raidam

Masculino
Número de Mensagens : 2746
Idade : 25
Localização : A toca.

Ficha do personagem
Nome do Personagem: Marvoc

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A utopia à queda...

Mensagem por xbacurix em Sex Fev 19, 2010 7:09 pm

Nossa, adorei, bruna...
Realmente, como o Raidam disse, parece uma fabula, fico pensando se os atos dela ajudando aquelas pessoas irá interferir em algo, por que todos repetiam quase a mesma coisa quando ela se retirava... muito interessante, você deve continuar.
^^
avatar
xbacurix
Redo-kun
Redo-kun

Masculino
Número de Mensagens : 5072
Idade : 24
Localização : As Trevas

Ficha do personagem
Nome do Personagem: Vincento Edrik

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A utopia à queda...

Mensagem por Raidam em Qua Mar 24, 2010 5:53 pm

Qria ver a continuação da fic. =/

Parece daquelas que terá uma conclusão interessante.


A bola de borracha pode cair, as importantes, são as bolas de cristal.
(Adepto da Lição das Cinco Bolas)
avatar
Raidam
Administrador Raidam
Administrador Raidam

Masculino
Número de Mensagens : 2746
Idade : 25
Localização : A toca.

Ficha do personagem
Nome do Personagem: Marvoc

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A utopia à queda...

Mensagem por medeia em Qui Mar 25, 2010 7:39 pm

desculpe é que ando ocupada, mas tenho uma boa parte dela no papel só tenho que criar coragem e passar pro pc xD
ai eu posto
avatar
medeia
Nivel III
Nivel III

Feminino
Número de Mensagens : 1120
Idade : 27

Ficha do personagem
Nome do Personagem: Lilith

http://fanfiction.nyah.com.br/medeia

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A utopia à queda...

Mensagem por Konan* em Seg Mar 29, 2010 5:29 pm

Gostei, você tem uma riqueza especial:
A habilidade de compensar com narração.
Sua narração é muito boa.
Sua descrição está no nivel certo
para que não interfira na sua habilidade.

A história tem traços ótimos, com personagem, pouco, mas suficientemente verossimeis, mas tudo aponta para o depois.
Ou seja, sou uma das pessoas que anseiam ver a continuação.
avatar
Konan*
武士道
武士道

Feminino
Número de Mensagens : 58
Idade : 24

Ficha do personagem
Nome do Personagem: Nasmirve

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A utopia à queda...

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum