café Runn [fic]

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

café Runn [fic]

Mensagem por Jessica em Qui Jun 04, 2009 4:24 pm








Café Runn

Mokona era dona de um cybercafé bem pouco conhecido em Osaka.Ficava próximo a um beco,sem muita iluminação ou coisas que atraem clientela.Ela era uma moça bonita,alta com lindos olhos escuros e grandes e com seus cabelos de fios negros e enormes.Tinha 20 anos,não fez faculdade,terminou o ensino médio,e trabalhava por conta própria desde os 17 anos.Com ela trabalham Leona e Mai-leen.Essas duas tortaram-se amigas de Mokona quando foram as primeiras a entrar no sombrio cybercafé.Ambas ficaram quase um dia dentro do café,fazendo algo com as xícaras que depois de muito tempo Mokona foi descobrir o que era.
Leona a mais velha tinha 22 anos,estudava história antiga,e começou a trabalhar no cybercafé aos 20 anos,seus pais ainda vivem,só moram num lugar um tanto distântes,ela diz que eles não gostam de muito movimento e barulho da cidade.Essa era alta também,mais ou menos do mesmo tamanho que Mokona.Tinha cabelos grosos e lisos ,seus olhos eram quase vermelhos assim como seu cabelo.talvez por isso ela ainda não tinha namorado.Os meninos achavam um tanto assustadora,embora era fosse calada e introvertida,também era uma mulher doce,com pensamentos pouco maliciosos,na verdade um tanto inocênte para a sua idade.
A mais nova do trio era Mai-leen,não era parente de nenhuma delas,mas por ser filha de bruxa,ela podia mudar algumas coisas do seu corpo,por isso quase sempre copiava o cabelo de Mokona e os olhos de Leona,os olhos dela eram duas pedras das mais lindas na visão de Mai-leen.Era um tanto baixa para a idade ela tinha 18 anos.Não estudava,fez somente o ensino médio como Mokona,ela ainda morava com os pais em um palácio envejavél.Sua mãe apesar de ser bruxa era também um vamosa e grande executiva,era extremamente bonita e sempre com aparência jovial.O nome dela era Hainynn.Era de estatura médiana,cabelos castanhos claros,quase loiros,olhos escuros como de costume.Ela já nasceu bruxa e conseguia ler o passado das pessoas somente pegando em um doa dedos da mão esquerda o que lhe causou muito desafetos quando era mais nova,pois descobriu que seu marido era um matador de aluguel.Então ainda grávida ela fugiu e foi viver com seus pais que não souberam o motivo real da mudança.
Embora a vida das duas meninas fossem um tanto turbulenta Mokona teve a vida normal.Até sem querer beber o café da xícara de Mai-leen e então adquiriu a habilidade de ver o futuro das pessoas sem se quer encostar nelas.Mokona ficou por dias trancada em uma quarto,pois qualquer um que ela visse,aparecia do que a pessoa ia morrer,se uma vencer no jogo e isso a deixava confusa e com uma terrivel dor de cabeça.
Desde então as três meninas quase nunca se separaram.
-Acho que deveriamos pintar as paredes disso para algo mais claro,como branco,amarelo ou rosa.
-é uma boa idéia,mas Leona,não temos dinheiro o suficiente para isso ainda,pelas minhas contas só faremos isso daqui a 2 mêses.
-Eu posso cuidar disso,aliás eu cuido disso e vocês fazem a publicidade daqui.
-Eu e Mai-leen vamos deixar panfletos em escolas,restaurantes e coisas assim.Embora isso pra mim seja inútil.
-Mas não custa tentar.
Mia-leen desenhou em um papel amarelo o cybercafé,ficou maravilhoso embora as duas sabiam que aquilo era obra das bruxarias dela.Mai-leen não sabia mas Leona e Mokona tinham um pouco de medo dela.Porque as vezes Mai-leen fazia coisas estranham como aparecer sem roupas e coberta de sangue.
As duas então foram fazer foto cópias do suposto desenho e Leona ficou lá,provávelmente estava ligando pra um dos seus seguranças trazerem tintas etc...
-Acho isso uma besteira...
-Mas Mokona o café é seu e você nem tenta divulgá-lo,porque?
-Não tenho vontade...
-Bom,mas agora vai ter nós vamos juntas!
Mai-leen pegou as mãos de Mokona e a puxou,mas Mokona estava estática.As visões as deixavam um tanto atordoada,por isso quanse nunca sai do café.
-O que houve Mokona?
-Nada...
-As visões são tão ruins?
-Não muito,não vejo mortes hoje.
-Então vamos logo...Você me assusta as vezes Kona.
-Tá...tudo bem...vamos logo.
Elas chegaram em uma papelaria qualquer e esperam as 200 cópias ficarem prontas.

(No cybercafé)

-Law...Oi é a Leona,escute,me tragam seis lata de tinta brancas no cybercafé da Mokona,você tem dez minutos.A mamãe está em casa?
-Ela saiu a dez minutos atrás,senhorita.
-Tudo bem eu vejo ela mais tarde.Bom você tem dez minutos,obrigada Law.
-Não há de quê,senhorita.Até logo.
-Vai ser um longo trabalho.Não sei porque Mokona gosta de tudo isso escuro.Acho que rosa azul e branco ficariam maravilhoso aqui.
Leona começou a andar pelo lugar,vendo quais os infeites ficariam melhor.Ela passou quase cinco minutos fazendo isso,e começou a pensar na sua mãe que sempre estava ausênte,o que era um prato cheio para ela,pois adorava passar o dia com Law,seu mordomo e quase guardião.
-Senhorita Leona?
-Law! Nossa que rápido,e as tintas?
-Estão trazendo senhora,você vai pintar isso sozinha?
-Sim! estou tão feliz tão empolgada!
-Tenho certeza que fará um ótimo trabalho!
-Obrigada Law!!
-Então até mais senhorita.
-Até mais Law.
Então ela tirou alguns tapete do chão,cadeiras e coisas assim e começou a usar um pincéis velhos no cybercafé.Ela então molhou os pincéis e os passou na parede com a maior convicção de que daria certo.Até que depois de pintar a metade da primeira parede a tinta era práticamente sugada e desaparecia deixando novamente o morron envelhecido de antes.
-Mas o quê?...
Ela novamente passou o pincél na parede e viu a tinta sendo sugada literalmente.
avatar
Jessica
Moderador
Moderador

Feminino
Número de Mensagens : 428
Idade : 25
Localização : Aqui e no flood center *_*

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: café Runn [fic]

Mensagem por Akemi-chan em Dom Jun 07, 2009 7:29 pm

ohh todo mundo inspirado para fics!

Adoreiii *.*





Neste mundo, o destino da humanidade é ser controlada por alguma entidade ou lei superior? É como se a mão de Deus pairasse sobre nós?

Ao menos é verdade... O homem não tem controle nem mesmo sobra a sua própria vontade



Convidado você é muito importante para o Japanese World!
avatar
Akemi-chan
Administradora Suzy
Administradora Suzy

Feminino
Número de Mensagens : 4267
Idade : 24
Localização : No lugar... onde provavelmente você não está -.-

http://japanseworld.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: café Runn [fic]

Mensagem por Jessica em Seg Jun 08, 2009 8:03 pm

(vlw moçaaaa)


Café Runn

As paredes...

As paredes simplismente sugavam a tinta,por mais vezes que ela passasse a tinta era como se fosse nada.
-Não acredito nisso!
Ela deixou o pincél cair, e ficou perplexa ao ver uns desenhos na parede aparecendo usando a tinta branca de antes.Eram desenhos que mal se entendia,eram estrelas,circulos,corações.
-O que na verdade é isso aqui!?
Então a porta se abriu como que fosse emburrada com um chute de força descomunal.Algumas mulheres vestindo preto,branco e marron entraram rindo e conversando como se já estivessem ali a muito tempo.Logo atrás delas,alguns homens entraram,eram enormes,fortes,mas riam parecendo crianças,e logo o café estava cheio de fadas,bruxas,anjos caidos,demonios,ninfas,enfim estava lotada e Leona,estava sem reação.Nunca tinha visto tantos seres mágicos em uma lugar só.Sentaram-se,e começaram a fazer pedidos e chás,cafés e coisas assim.Ela não deu um passo até que um lindo homem de cabelos curtos e brancos e de olhos negros com asas grandes e escassas,fez um pedido de chá de erva-doce com flores de cerejeira,ela ficou práticamente hipnotizada com tamanha beleza até que depois ela assimilou o pedido e ainda em estado de choque começou a anotá-los.
-Espero que eu sai viva dessa...

(Na papelaria)
-Mai-leen,eu estou cansada e com fome.
-Mas já?
-Sim...
-Bom,vamos pagar o moço e depois vamos comer e mais tarde a gente começa a divulgar,pode ser?
-Sim,claro!
O menino que atendia era,um tanto atrapalhado,e tinha uma beleza bem parecia com o anjo do cybercafé.As duas ficaram olhando eles,com brilho nos olhos e a boca um tanto aberta.
-Tudo bem senhoras?
-Senhoras?!?!?!?!Que atrevido!!!Vamos Mai,vamos logo!!!Passar bem!
A última coisa que Mokona admitia era ser comparada ou citada como velha.Isso quase a tirava do sério,na hora se ela tivesse os poredes de Mai-leen,provávelmente teria dado umas lições ao menino,mesmo com tamanha beleza.
-Calma mokona ele só estava sendo educado...
-Ele me chamou de velha Mai,isso me magoa muito.
-ãhan...Olha,acho que Leona resolveu não pintar o café...
-Melhor assim,seria pérolas jogadas aos porcos.
Elas abrem a porta e ficam pasmas quando veem a multidão e Leona anotando e fazendo os pedidos.
-Não sei o que é mais assustador.Se é a multidão mágica ou a Leona trabalhando.
-Ah,meninas graças a Deus...Me ajudem,não consigo mais anotar e fazer os pedidos ao mesmo tempo,na cozinha tem um clone meu,mas acho que não está fazendo certo!
-Leona,quem são eles?
-Mai,nem eu sei,quando fui pintar a parede,eles apareceram.
Então uma bruxa com cabelos arastando no chão,e uma pele assustadoramente pálida abraça forte Mokona que fica com medo e pasma.
-Quanto tempo ! Obrigada por nos chamar novamente !!!
-Ahn...dinada?
-Você é a Shinary certo?
-Não,eu sou filha dela...
-Ei pessoal a Shinary já tem uma filha !
Todos param de falar e olham fixamente para Mokona,enquanto Leona e Mai-leen saem de fininho para a cozinha.
-Não acredito que você é filha da shinary!
-sou sim,filha única.
-Oh meu Deus! ela é tão novinha,só tem 125 anos e já tem filha.
-125...?
-Bom,eu sou Kira.Sou uma bruxa,eu leio o futuro na xícara de qualquer pessoa!
-Prazer...Kira...eu sou Mokona Mitsuki kawara.Sou dona desse...café.
-Esse café era sa sua mãe,e antes foi de sua avó e assim por diante! Aqui é o nosso porto seguro.Nenhum humano real nos vê.Viemos aqui para podermos festejar sem ter que nos preocupar.
Ela puxa então o homem de cabelos brancos e olhos escuro pelos braços e a joga em cima de Mokona que fica apavorada e vermelha.
-Esse é Izaru.Meu irmão mais novo, e seu marido.
-Marido !!!!!!
-Marido?!?!?!?!
Os dois ficam pasmo,mas ele nem se encomoda e começa a abraçá-la já com segundas e maliciosas intenções.
-Hei,chega!Eu não quero me casar com ninguém,principalmente com ele!
Ela então se afasta,vai até o balcão veste seu avental e começa a anotar os pedidos.
-E kira que fique bem claro,eu não vou casar com esse tarado!!!
avatar
Jessica
Moderador
Moderador

Feminino
Número de Mensagens : 428
Idade : 25
Localização : Aqui e no flood center *_*

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: café Runn [fic]

Mensagem por Jessica em Seg Jun 08, 2009 8:33 pm




Café Runn

A guardiã

Já eram 9 horas da noite e o movimento havia baixado bastante,agora só restavam a Kira o Izaru e mais um trolz cinza que dizia ser chamado Ping.
-Mokona,você agora é guardiãn do portal mágico.
-Eu vou ser sincera eu não entendo o que está acontecendo.Primeiro minha mãe tem 125 anos,depois jogam um pervertido emcima de mim,agora sou guardiãn de não sei o que...é muita coisa pra mim.
-É simples,sua mãe era guardiãn,mas dai nasceu você,agora é a sua vez de guardar o mundo mágico por fora e por dentro.
-Por dentro?
-É,seu café é um portal para o mundo mágico.Você é como...dizem por aqui....presidente,você que governa o mundo mágico até que tenha uma filha.
-E então minhas amigas são...
-Nada...só se fosse as declarar alguma coisa,caso contrário continuam sendo só...amigas.
-E esse história de "casamento"?
-Foi arranjado,a muito tempo atrás os casamentos eram assim,mas já que você manda e desmanda não precisa casar com Izaru.caso contrário você teria de casar com ele,querendo ou não.
-Bom saber que eu mado e desmando no mundo mágico...
-Bom Mokona,eu tenho que ir, o dever me chama,aqui na terra eu sou médica neurologista,tenho que trabalhar.Adeus...
-Médica?...
-Eu também tenho que ir...Vou ver se tem algo pegando fogo em Osaka...Tchau Mokona...
-Até mais Ping...
-Nossa Mokona,parece até conto de fadas...você é uma rainha agora !
-Eu não gostei disso Leona,eu rainha?
-É tão lindo!
-Bom...não entendi uma coisa,que mundo mágico e que portal é esse?
Então atrás de Mokona Izaru aparece falando baixinho aos pés do ouvido dela.
- O porta fica na janela dos fundos,você simplismente passa a parede e vai direto para o centro de Higarukatsu.
-Se vocÊ chegar desse jeito dinovo juro que prendo você por atentado ao pudor!
-Acho dificil.Em Higarukatsu,sou chefe dos batalhões armados...
-Mas eu mando lá.Caso eu queira posso fazer o que eu quizer.
-Ah,não é bem assim menina...Você tem regras,deveres e um livro a seguir.Acho bom saber do que se trata para depois falar...Agora conlicença,tenho algo melor a fazer.
As assas somem e ele vai passando pela janela do café.

-Ele é tão gatinho !
-Pode pegar pra você mai-leen !
-Nossa vai ter casamento...To cansada...
-Eu to cansada e assustada...
-Eu só quero ir pra casa e dormir...
-Ei.vocês não querem ver o portal comigo?
-Eu quero,aposto que lá é tudo tão lindo...
-Eu to com medo Mokona...
-Ah que isso Mai,se você não gostar a gente volta na mesma hora.
Elas então vão até a mesma janela que Izaru desapareceu e ficam olhando por um bom tempo.
-Espero que funcione...
Então Leona entra pela parede que parecia ser feita de gelatina.Logo atrás dela Mokona entrar e Mia fica um tempo esperando,até que Leona volta e puxa ela para dentro.
-Não é tão ruim quanto pensei.
-Nem é tão bonito quanto pensei.
-Eu disse que isso era sinistro.
-Calma Mai,vamos andar um pouco e ver como é esse lugar.
As três andam por uma mata um tanto fechada.As árvores eram extremamente alta,com folhas secas.No chão um pouco de sangue com restos de animais .Então encostado em uma das árvores estava Izaru.
-Sabia que uma de vocês apareceria.
-O que houve aqui?
-Sua mãe ficou longe por tempo demais Mokona,então tomaram conta do lugar...
-Quem?
-higure hatsumi.Ele manda aqui agora,você para poder "mandar e desmandar" tem que vencê-lo e tomar a coroa novamente,muitas vezes tentamos fazer isso mas,acabamos tendo vários anjos e fadas mortos ou feito escravos.
-Isso é tudo tão sujo...
-Ele fez das fadas suas escravas,matou todos os anjosd e assas pretas,creio que contando comigo só restou dois.
-Isso é tão trágico...Eu não sei se posso mudar isso eu lamento...Vamos meninas temos que voltar.
-achei que você fosse uma rainha Mokona...
-Você mesmo disse que já tem alguém com a coroa.
-Mas esse alguém está exterminando tudo e todos!
-Isso não é mais problema meu.
-É sim,você é filha de Shinary!
-E dai?Ela não me procura a mais de 10 anos,porque devo terminar algo que ela não fez?
-Porque ela era sua mãe e você é uam rainha agora !
-Chega izaru,eu lamento,não posso.Vamos meninas...
-Tchau Izaru
-Até logo Izaru...
-Pensei que fostes digna da coroa...
avatar
Jessica
Moderador
Moderador

Feminino
Número de Mensagens : 428
Idade : 25
Localização : Aqui e no flood center *_*

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: café Runn [fic]

Mensagem por Jessica em Seg Jul 06, 2009 2:26 pm

Café Runn

A volta de uma futura Rainha.

-Eu sabia,eu não poderia confiar em uma garota...Quer saber eu cuido dessa guerra e quando eu conseguir a coroa novamente,eu vou ser o rei desse lugar e vou mover mar e terra pra caçar você e te prender por traição!
-Ah,então boa sorte Izaru.Espero que na primeira luta arranquem sua cabeça e pendurem na árvore mais seca e feia desse lugar pavoroso!
-Qualquer árvore mais feia e seca desse lugar tem mais valia que você Mokona!
-Ah é?Então pede a uma deles que salvem o seu lugar mediúcri!
-Concerteza elas fariam mais coisas que você!
-ótimo então!
-Ótimo!

Mokona passa pelo portal quase que soltando fumaça pelos ouvidos.Leona e Mia-leen ficaram horrorisadas,nunca tinham visto Mokona descutir,nem mesmo rebater um comentário ruim sobre ela.Ela era do tipo que não falava muito,principalmente em discuções.
-Nossa,mokona.Acho que você pegou pesado com ele.
-Leona,ele disse que eu não era digna e falou que uma árvore era mais útil que eu.
-É,mas...Aquele lugar agora.querendo ou não é de sua responsabilidade...
-Leona tem razão Mokona.Aquilo estava assustador,animais mortos árvores secas,tudo escuro e úmido...
-Minha mãe abandonou aquilo,então ela que cuide de lá.
-Mas Mokona,você vai deixar que mais seres como você morram?
-Como eu?
-Você pode ver o futuro,isso é mágia,assim como Kira é uma bruxa você também é.
-Eu não conheço ela,porque eu iria me por em risco por uma bruxa que jogou o irmão em mim?
-Bom,Mokona,Leona...Eu como uma Bruxa...Não posso deixar que mais de meus irmãos morram.
-Mai-leen?!?!?!
-Eu tenho que ir,minha mãe ficaria orgulhosa.Mokona você é quem sabe...Eu vou indo.
-Eu vou com você Mai.
-Leona???Vocês vão me deixar sozinha?
-Mokona,aquele lugar era de fazer chorar até quem nunca fez isso.É como ver o Law sendo escravizado pela eternidade...
-Bom,então vão! As duas e saibam que se passarem por aquele lugar,eu nunca mais falarei com vocês!
-Mokona,eu lamento,mas não posso deixar ...
-Mas que há com vocês?!?! Nem sabem se aquilo é verdade e já vão me deixando para trás achei fossemos amigas!
-Achei que fosse valente Mokona,é incrivél ver como você é fria as vezes!
-Eu?Fria? eu só não quero morrer por besteira!
-Seus irmãos são besteira?A morte deles é besteira?
-Não eu só...não quero ir...
-Mas eu e Mia-leen vamos...você deveria fazer o mesmo.Boa sorte com o café Mokona.
As duas meninas deixam Mokona para trás.Eu vi que naquele dia Leona ia voltar abraçar Mokona e pedir desculpa.Mas Mai-leen não deixou,ela disse que mokona tinha que ajudar,e se não pudesse ajudar,elas poderiam mesmo sendo duas.Leona então quase se desfez em lágrimas caladas.Elas passaram pela parede como antes e deram de cara com a floresta,mas desta vez Izaru não estava lá.
-Mai-leen,pra onde vamos?O Izaru não está aqui.E está tudo escuro...
-Não sei,mas fica calma e tente não fazer barulho...
Elas andaram por entre as árvores do lugar,era uma cena horripilante de se ver,as árvores estavam cobertas por entranhas de animais,e pedaços de corpos que pareciam humanos.O cheiro de sangue era quase isuportável,o que fez Leona ficar quase verde de enjoo.Elas andaram em passos pequenos e atrás dela ouviram uma passo .
-Você ouviu?
-O que é isso ?
-Eu to com medo Mai...
-Tá calma,fica calma e vamos andar mais rápido tá bom?
-Sim...
As duas andaram mais rápido,tentando ver alguma coisa,mas a luz da lua não era o suficiente para lhes mostrar o caminho.As coisas estavam ficando um pouco assustadoras,lobos e cachorros começaram a latir,e Mai-leen via cabeças de gato e assas de alguma coisa por toda parte.Então elas ouviram o mesmo passo de antes e Leona explodiu de medo,soltando raios por todo lugar perto delas,ela havia ficados descontrolada,quase um ataque nervoso.
-Agora é oficial,as duas meninas querem morrer mesmo.
-Quem é você?Onde você está?
Era Izaru emcima de uma galho seco.Ele estava as observando desde o inicio,pelo menos foi isso que ele me disse.
-Cadê a mokona?Ela não vem mesmo.
-Quem é você criatura trevosa?!
-Obrigado pelo "Trevosa",sou eu o Izaru.Agora podem ficar calmas ou a sua amiguinha dos raios vai explodir hirugatsu por completo.
-Izaru,porfavor nos ajude,viemos ajudar vocês.Mas primeiro queremos saber onde andamos...
Ele desceu e as levou para a casa dele.Izaru era do tipo sarcático,irônico,um tanto grosso e bem inteligente.Talvez por isso ele nunca tinha companhia.Morava numa cabana de madeira e folhas numa vila quase secreta de Hirugatsu.A vila sempre estava escura pois era um refugiu para bruxas,anjos e outros,fugidos da guerra.Nessa vila haviam na base de seis ou setes casas do mesmo material que a casa de Izaru.Ele era o único anjo dela o resto eram trolz bruxas e ninfas que trabalhavam em uma espécie de cabaré.É impressionante que até em tempos de guerra as ninfetinhas,como gostamvam de serem chamadas,não davam um dia de folgas a si mesmas.
-Porque,esse homem fez isso com esse lugar.
-Ele é o pai de Mokona.Por isso talvez ela não queira lutar.
-Mas,porque ele fez isso?
-Vingança,ele descobriu o portal e soube que a mãe de Mokona era bruxa então ele jurou que acabaria com essas anormalidades do mundo,e acabou a ficando aqui até que o Ultimo elfo estivesse vivo ele estaria aqui para cabar com ele.
-Nossa...nós podemos ajudar?
-Acho que sim,Nós da vila estamos planejando um ataque para daqui a duas semanas.Se tudo der certo talvez conseguimos pegar a coroa divolta...
Ele então saiu da mesa onde estavam e as pegou pelo braço e as levou até fora da vila,para fazer uma espécie de reconhecimento do território.
-Aqui,moram,elfos,ninfas,bruxas,trolz e um anjo,eu.
-E que anjo...cof cof cof.
-Eu vou deixar que fiquem na casa da minha irmã,amanhã nós conversamos mais.
Elas andaram pela minúcula vila,ninguém em beco algum,só se ouvia os passos deles próprios e barulho dos lobos e cães da mata uivando.
-Bom é aqui.
(ele bateu na porta)
-Kem é?
-kira,sou eu Izaru.Temns convidadas.
-Mokona?
-Creio que não.
(Kira abre a porta)
-Olá,o que fazem aqui?Cadê a Mokona?
-Acho que ela não vem,muito prazer me chamo Leona.
-E eu sou Mai-leen.
-Vamos entrem...
-Kira,elas vieram para ajudar...
-Que bom,concerteza seram bem úteis...

*No café...*

-Elas não podem me obrigar a ir pra lá...Não podem...Se querem ir...que vão eu vou ficar...Eu só vejo o futuro,mesmo que eu kizesse eu não ajudaria...
Mokona se levanta fecha o café por dentro e volta para o portal. Ela me disse que estava com muito medo quando fez isso,na verdade ela fez isso pelas amigas,porque se elas não tivessem ido ela continuaria como estava sem preocupações.Mas todos sabiam que ela foi porque não era tão fria quando diziam ser.
Ela chegou na floresta, e ao contrário das amigas,aquilo tudo não a impressinou muito,ela foi andando pelo mesmo lugar e lado que as amigas,a única coisa que a deixavam assustada naquele instante era o silêncio de tudo,nem mesmo os lobos de antes de faziam escutar.Nem uma brisa balancava as folhas.Nada.
-bom,eu vim pra cá achando que Izaru estivesse aqui.Eu é voltar.
Quando ela olha para trás o portal não estava no lugar que era pra estar.
-AHHHHHHHHHHHHHHHH,o portal cadê o portal?!?!?!?!

*na vila*

-Kira,você ouviu?
-Não...
-Pegue as meninas e tranque as portas eu vou ver o que é isso?
-Não você não vai sair a essa hora!
-Relaxa,eu acho que já sei quem é.
Kira trancou as portas com feitiços e foi para o quarto se esconder em baixo da cama.
-Kira o que é isso?
-Nada,mas por seguranças se escondam.
-Mai...eu to com medo...
-Leona sem drama agora pelo amor de Deus...
avatar
Jessica
Moderador
Moderador

Feminino
Número de Mensagens : 428
Idade : 25
Localização : Aqui e no flood center *_*

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: café Runn [fic]

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum