Trabalhador temporário nas fábricas sem contrato por tempo determinado deve ser proibido

Ir em baixo

Trabalhador temporário nas fábricas sem contrato por tempo determinado deve ser proibido

Mensagem por Airy em Qua Mar 17, 2010 2:21 pm

O primeiro-ministro, Yukio Hatoyama, realizou uma reunião da Comissão do Gabinete de Política Básica para discutir a Reforma Trabalhista.

Participaram os líderes dos três partidos da coalizão: Partido Democrático (PD), Partido Democrático-Social (PDS) e Novo Partido do Povo (NPP).

Na reforma, a proibição do envio de trabalhadores temporários para as fábricas foi mantida.

O envio só poderá ser feito sob contrato por tempo determinado (joyo-gata). Trabalho temporário sem tempo determinado deixará de existir.

Caso a reforma seja aprovada, as empreiteiras que contratavam temporários para o setor fabril, e ao término do serviço os dispensava, não vão mais poder atuar dessa forma. Todo trabalhador temporário vai saber quando começa e quando termina seu compromisso com o empregador.

O PDS e o NPP querem que seja retirado do texto a exigência de entrevista antecipada entre o trabalhador temporário e a empresa para qual ele será enviado.

Atualmente, antes do trabalhador temporário ser contratado, precisa passar por um entrevista com o empregador. PDS e PP são contra esse ponto e conseguiram a derrubada dele no projeto.

O próximo passo é levar o projeto na sexta-feira, 19, para a apresentação ao Parlamento. O objetivo é a aprovação ainda nesta sessão parlamentar.


avatar
Airy
Moderadora
Moderadora

Feminino
Número de Mensagens : 1269
Idade : 22
Localização : Mundo da Lua

Ficha do personagem
Nome do Personagem: Kaori

http://dangogakuen.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum